Destaques

TVI24Administrador judicial detido por suspeita de peculato fica em prisão domiciliáriaDiário DigitalO administrador judicial detido por suspeitas de apropriação indevida de dinheiros públicos (peculato) num montante superior a três milhões de euros ficou hoje em prisão domiciliária, disse à Lusa fonte da Polícia Judiciária (PJ)....